quarta-feira, 10 de janeiro de 2018


Em entrevista a Rádio Globo a cantora Perlla voltou a falar sobre seu trabalho, e revelou que, hoje, não teria seguido carreira gospel...

Lembrando que Perlla gravou no ano passado dois álbuns gospel, mas logo depois decidiu voltar ao funk. Para ela, a mudança foi necessária ao entender que era preciso separar sua religião de seu trabalho.


"Eu entrei numa situação da religião e depois acabei me envolvendo profissionalmente. Foi uma coisa que hoje, se eu olhasse de fora, eu não faria. Eu já tinha o meu trabalho e não tinha necessidade de fazer outro", afirmou.

Perlla ainda destacou que já tinha 14 anos de carreira no funk, e que já era conhecida antes de entrar para o gospel. "As pessoas me conheceram no gospel por conta de um trabalho que eu fiz no funk. Então é hipocrisia dizer “então larga uma coisa para fazer outra”. Eu não tinha que envolver uma coisa com a outra. Foi bom para mim, como pessoa, foi ótimo. Paz, família, essa coisa toda. Introduzi minhas filhas nisso. Foi maravilhoso. Só que hoje eu não confundo mais as coisas, eu sei dividir", ressaltou.


No entanto, mesmo com a mudança de estilo musical, Perlla diz que continua frequentando a igreja, porém que parou de se preocupar com as cobranças.

"Aos domingos, quando eu não tenho evento, eu vou à igreja. Se não der, não vou. Não tenho mais aquela coisa de ter que ir. O que a gente é por dentro é o que vale. Não adianta querer mostrar uma coisa para as pessoas e dentro de casa não viver nada daquilo. Eu tenho a minha fé, eu tenho a minha vida. As pessoas conseguem identificar isso, porém eu tenho meu trabalho", disse. Informações e fontes "Rádio Globo".




0 comentários:

Postar um comentário