segunda-feira, 13 de novembro de 2017


Em participação no programa "The Noite" no SBT, apresentado por Danilo Gentili, o cantor Latino contou sobre usa trajetória de vida, onde revelou que essa trajetória passa pelo líder de uma das igrejas evangélicas mais famosas do Brasil, a Igreja Universal do Reino de Deus, o Bispo Edir Macedo.

Latino contou que seu passado no Rio de Janeiro era triste, quando sua mãe casou com um estrangeiro, onde a partir desse momento, começou a viver uma fase tenebrosa de sua vida, a ponto de até seu pai o expulsar de casa e cantor começar a usar entorpecentes. "Quando eu tinha 9 ou 10 anos, minha mãe tinha casado com um gringo e me deixou com meu pai. Foi um momento muito difícil. Meu pai tinha me expulsado de casa, e eu comecei a morar com uma tia muito humilde em uma comunidade. Quando eu ia para o centro do Méier(no Rio de Janeiro), eu ficava dias sem ir para casa", contou o cantor.


Nas ruas do bairro do Méier, foi quando ele passou a ter contato com Edir Macedo, líder da Igreja Universal e proprietário da Record. "No primeiro momento eu era muito ruim com Edir. Jogava tomate podre neles. Eles começavam a pregar as sete horas da manhã, o que fazia a gente acordar, pois ficávamos até altas horas acordados, então quando ele e o cunhado dele(R.R. Soares) passava, a gente tava tomate podre e ovo", contou Latino, que revelou que aos poucos a relação foi mudando, até começar a engraxar o sapato de Edir para ganhar um dinheiro, até começar a ser uma espécie de intermediário entre Edir Macedo e os meninos de rua.

"Fui muito bem tratado por eles, tenho muita gratidão", revelou o cantor. Assista a parte onde Latino fala sobre Edir Macedo:



0 comentários:

Postar um comentário