terça-feira, 26 de dezembro de 2017


A ex-mulher de Gerson Brenner, Denize Tacto, desabafou sobre o relacionamento que teve com ele no passado nas redes sociais. A ex-modelo não gostou de uma entrevista recente que o irmão do ator deu a um programa de TV, afirmando que o casal teve apenas um relacionamento relâmpago.

“Fica aqui minha indignação após quase vinte anos da nossa trágica separação, que me enoja saber que tem espíritos que se recusam a evoluir e continuam a propagar falsidades à sociedade! Me enoja saber que nunca sequer fizeram o papel de família para a minha filha, que sempre foi negada por esses mentirosos e falsos cuidadores, que ainda insistem em me deixar mal vista sem nenhum motivo”, escreveu Denize no Instagram.


“Nunca fiquei com nada, recebi nada, me apossei de nada do que era do Gerson, apesar de ter direito adquirido e garantido por lei! Me enoja uma afirmação dessas e saber que o Gerson não tem direito de resposta pois a vida o calou! Ah se ele falasse, vocês nunca teriam tido voz contra nós!”, continuou Denize no desabafo.

Denize que é mãe da filha caçula de Gerson, Vitória, de 19 ano seguiu o desabafo relembrando o episódio da festa de 15 anos da filha, que teve a participação de Gerson Brenner dançando a valsa com a jovem.

“Não basta tudo que passamos? Não basta minha filha ter implorado a esse mesmo Ronaldo que o pai pudesse ir no seus 15 anos, que são únicos na vida de uma adolescente? Não basta o quanto choramos? Minha filha teve depressão e luta até hoje para se recuperar da tamanha rejeição e de todos os seus direitos negados!”, escreveu Denize.


“Até quando vocês vão representar? Até quando levantarão falso testemunho contra nós? Quer dizer que minha filha foi uma trepada? Me poupe! O que sinto nesse momento é indignação por que já aguentei demais tantas mentiras contra nós.. Cansei. Agora se vier, vai levar. Não sou mais aquela boba, não!”, finalizou.

O desabafo da ex-modelo foi feito na semana em que Gerson completou 58 anos. O ator que teve sua carreira interrompida ao ser baleado na cabeça durante um assalto, em agosto de 1998, hoje está casado há 18 anos com a psicóloga Martha Mendonça e vive sob os cuidados dela e do pai, em São Paulo.


0 comentários:

Postar um comentário