quarta-feira, 17 de janeiro de 2018


Já parou para pensar nas coisas que vem acontecendo nos dias atuais? Tudo o que está na Bíblia vem se cumprindo de forma clara. Sem falar que os dias estão passando muito rápido, em um piscar de olhos tudo passou, não é mesmo? Com isso deixamos alguns sinais que a Bíblias descreve sobre a aproximação da volta de Jesus.



No livro de Mateus, no capítulo 24, versos 3 a 5, temos as perguntas dos discípulos e as respostas de Jesus:

1º SINAL - ENGANAÇÃO: "E, estando assentado no monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos, em particular, dizendo: Dize-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo? E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos."

Nesta passagem, o Senhor Jesus responde os seus discípulos mencionando não somente um sinal, como eles pediram, mas lista uma série de sinais que antecederia a sua vinda, e o primeiro sinal é da enganação.

Se Jesus é o Cristo, logo ele é a verdade e solução de todas as coisas, e fora dele não hà nenhuma verdade. Assim, ao dizer que muitos serão enganados, Jesus deixa claro que os falsos cristas afirmarão possuir a verdade, ou serem a verdade.


Isso é justamente o que temos visto atualmente. Nunca a humanidade esteve tão perdida.

Continuando a mencionar aos seus discípulos os sinais que indicariam da sua volta, o Senhor Jesus fala sobre as guerras e os rumores de guerra. Vejamos Mt 24:6-8, que diz assim:

2º SINAL- GUERRAS E RUMORES DE GUERRAS: "E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai não vos assusteis, porque é necessário que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

Podemos observar que guerras sempre existiram na história da humanidade, mas notemos que Jesus fala sobre o conflito entre nações e entre reinos, o qual nos leva a concluir que nações representam os diferentes povos e os reinos são os governantes destes povos. Temos observado com uma frequência assustadora e cada vez maior estes conflitos descritos por Jesus, sejam povos, como indianos e paquistaneses ou israelenses e árabes, sejam governos, como os dos Estados Unidos e China.


Por fim, Jesus, demonstrando seu amor e seu cuidado, diz para nós não nos assustamos e apenas depositamos nele a nossa confiança, pois estas coisas são apenas o princípio de dores, ou seja, o começo dos sinais que indicam sobre a breviedade de sua volta

3º SINAL - FOME INTENSA EM VÁRIOS LUGARES DO MUNDO: "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

Estes sinais estão acontecendo muito, pois guerras trazem consigo crises financeiras, e a fome. Podemos perceber a situação crítica em que milhares de pessoas no mundo não possuem sequer o básico para alimentar-se, seja no Brasil, seja na África,ou Ásia.

A questão é que, embora o homem tenha aumentado a produção de alimentos, por diversos motivos, estes alimentos não tem chegado à mesa de muitas pessoas em todo o mundo, fazendo da fome um problema crônico que tem desafiado os Estados quanto à dificuldade de solução.

Assim, temos mais um sinal da volta de Jesus cumprindo-se diante dos nossos olhos.


4º SINAL - EPIDEMIAS GLOBAIS: "Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares."

É incrível como nas últimas décadas, e particularmente nos últimos anos, tem ocorrido o aparecimento de tantas doenças anteriormente não conhecidas e com o poder de propagação a nível mundial. Podemos listar, a aids, o ebola, a gripe do frango, a gripe suína, a gripe espanhola, Chikungunya, dengue, zica, febre amarela, entre tantas outras doenças que surgem em uma determinada região do planeta e logo se alastram, sem fronteiras, causando pânico em toda a população mundial.

Certamente, este é o sinal que Cristo mencionou, quando afirmou que apareceriam pestes em vários lugares do mundo. Para nós, cristãos, esses sinais são claros, sem possibilidade alguma de confusão quanto à época do retorno de Nosso Senhor Jesus Cristo.

O objetivo central deste post é, justamente, apresentar estes sinais e as evidências bíblicas que nos mostram o iminente retorno de Jesus à nossa geração.

Felizes são aqueles que lavaram as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, e que estão vigilantes e atentos aos sinais deixados pelo Mestre.

0 comentários:

Postar um comentário