quinta-feira, 25 de janeiro de 2018


Já dizia a história de Adão e Eva, que "confiar em cobra" não é nada confiável. Um homem britânico que criava uma cobra, foi "traído" por sua "companheira" de estimação, que tinha por hábito se enrolar em seu pescoço para demostrar carinho, só que dessa vez foi diferente.

Um homem de 31 anos, chamado Dan Brandon, foi encontrado morto em sua casa, logo após ser assassinado por sua cobra de estimação, uma píton africana de 2,4 metros de comprimento.


A polícia britânica acredita que o réptil matou seu próprio dono após se enrolar em seu pescoço. Porém, segundo o policial, a intenção não era machucar Brandon, e sim demonstrar carinho.

"Não acredito que tenha sido uma agressão nem um confronto, mas sim, uma demonstração de afeto, um momento de paz”, explicou o investigador no Tribunal britânico. Informações e fonte "The Guardian".



Já curte a gente no Face?

0 comentários:

Postar um comentário