terça-feira, 16 de janeiro de 2018


“Estamos num limite. Tenho muito medo de uma guerra nuclear”: o alerta do Papa


O alerta é do Papa Francisco. Esta segunda-feira, durante a viagem entre o Vaticano e o Chile, questionado pelos jornalistas, disse temer que isso aconteça e avisou que o mundo está numa situação de “limite”.

“Penso que estamos num limite. Tenho muito medo disso”, referiu Francisco aos jornalistas que viajavam com ele no avião papal. “O perigo existe realmente e tenho medo disso, basta um incidente. A partir daí, a situação pode precipitar-se. É preciso eliminar as armas nucleares, trabalhar pelo desarmamento”, acrescentou, citado pela Agência Ecclesia.


Depois, Francisco mostrou uma imagem de uma criança japonesa que nos braços leva o irmão morto após o bombardeamento em Nagasaki, no Japão, em 1945. Cópias da fotografia a preto e branco foram em seguida distribuídas pelos jornalistas com título “O fruto da guerra”. E o Papa explicou a escolha: “É uma imagem que comove mais do que mil palavras”.

Esta segunda-feira, Francisco começou a viagem de oito dias pelo Chile e Peru, a primeira do ano.

Na semana passada, várias igrejas no Chile foram atacadas ou vandalizadas. Segundo a BBC, em alguns casos foram deixados cartazes com avisos de que a próxima seria a do Papa.

0 comentários:

Postar um comentário