terça-feira, 16 de janeiro de 2018


Temer busca apoio de pastores evangélicos para reforma da Previdência.


Presidente Michel Temer se encontrou na tarde desta segunda-feira (15) com apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus. Eles definiram uma estratégia para a bancada evangélica na votação da reforma da previdência, qual seja, o fim da agenda de hoje foi organizada por Carlos Marun (Secretaria de Governo) e novos encontros devem acontecer nas próximas duas semanas.


Devem ser convidados ainda os pastores Samuel Ferreira, da Assembleia de Deus Brás, Silas Malafaia, do Ministério Vitória em Cristo, e Samuel Câmara, da Assembleia de Deus em Belém. A estratégia faz parte da ofensiva do governo em busca de apoio pela reforma.

Para a proposta ser aprovada na Câmara, serão necessários que pelo menos 308 deputados votem a favor em dois turnos. Com isso, a medida será enviada para o Senado, que também votará em dois turnos. Por se tratar de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), será necessário o apoio de 49 dos 81 senadores.

Temer concentra esforços com os neopentecostais porque os fiéis evangélicos são os que mais resistem ao fim da aposentadoria, haja vista que o rebanho é localizado no estrato social de baixa renda dependente da previdência pública.

0 comentários:

Postar um comentário