quinta-feira, 1 de março de 2018


Quem ver essa menina linda, sorridente e rosto angelical não imagina os conflitos e problemas que ela e sua família têm enfrentado por causa da dependência em drogas.

A moça se chama Kaylee Muthart, tem apenas 20 anos de idade, e reside em Anderson na Carolina do Sul, EUA. A mãe da jovem contou que a filha começou a usar metanfetamina há cerca de seis meses.


De acordo com Katy, ela acredita que a filha Kaylee começou a usar essa droga depois de fumar maconha misturada com metanfetamina sem saber.

No entanto, após essa primeira experiência, a jovem passou a usar a substância com frequência cada vez maior, até que a situação se tornou bastante crítica e a família decidiu que ela deveria ser enviada para um centro especializado na reabilitação de dependentes. Só que não deu tempo.



No dia 6 de fevereiro, Kaylee foi até uma igreja da cidade e, diante dos fiéis presentes, teve um surto e arrancou os próprios olhos, para o horror de todos. Até onde foi apurado, a moça sofreu alucinações a acreditava que o mundo estava de cabeça para baixo e que havia vozes em sua cabeça ordenando que ela cometesse o sacrifício de tirar seus olhos das órbitas para acalmar o Universo e garantir sua entrada no reino dos céus.

Como resultado do surto induzido pelas drogas, Kaylee ficou cega e permanece hospitalizada para tratar as feridas que provocou nela mesma durante seu ato de automutilação. Conforme contou Katy, as pálpebras de Kaylee ficaram bastante machucadas e ela precisará usar próteses no lugar dos olhos, mas a família decidiu tornar o caso público e contar a história a todos para evitar que outros jovens, e seus entes mais próximos — passem pela mesma situação. Terrível, né?

0 comentários:

Postar um comentário