quarta-feira, 21 de março de 2018


O assassinato da vereadora Marielle Franco ainda é um dos assuntos mais falados na imprensa brasileira e mundial, a ponto de chegar aos ouvidos do Papa Francisco e comovê-lo, no exato dia que se completa sete dias após sua morte.


Hoje(21), no início da tarde, na Igreja Nossa Senhora do Parto, no Centro do Rio de Janeiro, aconteceu a missa de sétimo dia de Marielle Franco, mas em alguns momentos antes de acontecer a missa, o Papa Francisco ligou para a mãe de Marielle.


A irmã de Marielle, Anielle Franco, a mãe da vereadora ficou muito emocionada com a ligação do Papa, onde segundo Anielle, o Papa se mostrou solidário com a família e disse estar rezando por todos. "Ela ficou tão emocionada que não entendeu muito o que ele falou. Ela contou que o Papa disse o nome de Marielle, prestou solidariedade e disse que estava rezando pela família", contou Anielle.

"Não acreditei que ele tinha ligado. A primeira coisa que eu pensei é que era um boato, mas foi verdade e estamos todos muito emocionados com esse carinho", disse Anielle que só ficou sabendo após receber ligações de pessoas perguntando sobre a veracidade da ligação. Informações e fontes "O Globo".





0 comentários:

Postar um comentário