terça-feira, 24 de abril de 2018


A novela Apocalipse da Record foi o centro de muitas críticas por ter colocado a figura do Falso Profeta muito próxima do papa, líder máximo da Igreja Católica. Mas mesmo diante da polêmica, a audiência tem se mantido estável, o que é admirável para um tema com o qual a maioria das pessoas não está habituada.

A novela está entrando em sua reta final, onde o personagem de Ricardo Montana (Sérgio Marone) sofrendo um atentado, curiosamente retratado de modo parecido à morte do presidente John F. Kennedy. Atingido na cabeça e no peito por tiros, ele morre, ou finge morrer. Nesse momento a figura de Satanás surge em cena, apossando-se tanto dele quanto de Stefano Nicolazi (Flávio Galvão), líder mundial da Igreja da Sagrada Luz.


No dia do funeral – três dias depois da morte – evento transmitido para o mundo todo pela televisão, Ricardo ressuscita, passando de Anticristo para a condição de “besta”, citada no Apocalipse de João. Stefano é definitivamente o Falso Profeta, que proclama Ricardo como um ‘deus’ e começa a fazer grandes sinais, invocando “fogo do céu”. As pessoas começam a veneração dele como parte de uma religião única mundial, onde todos os livros sagrados estão banidos (especialmente a Bíblia).

Nesse momento do folhetim, Ricardo, o ‘deus vivo’, começa agora a forçar as pessoas a usarem um sinal de lealdade a ele, a marca da besta, retratada como uma tatuagem eletrônica. Ele se declarará um deus e será ovacionado por todas as nações, menos Israel.

Jerusalém, no entanto, negará o acordo e entrará na mira. Os quatro cavaleiros descritos no último livro da Bíblia entram em cena, enquanto o mundo mergulha num cenário de guerra sem volta. A fome e morte se espalham pelo mundo.

O vilão ordena uma invasão a Jerusalém e nas próximas semanas sentará no Terceiro Templo, erguido por ordens sua na capital de Israel. A novela Apocalipse mostrará nas próximas semanas como serão três anos e meio de guerra da Grande Tribulação.

Assista o vídeo:





0 comentários:

Postar um comentário