terça-feira, 15 de maio de 2018


O ator Guilherme Chelucci no início da novela bíblica da Record 'Apocalipse', surgia como uma figura angelical, com uma imagem translúcida. Porém, com a novela atingindo sua reta final, o anjo caído fará mais aparições, não só como uma sombra, com asas abertas, como ocorreu no capítulo de 16 de abril, quando Ricardo (Sérgio Marone) levou dois tiros e a figura maligna surgiu para tomar seu corpo.

Antes de entrar em cena, Guilherme passa por uma preparação que dura três horas para se transformar no Satanás, onde usa próteses, recebendo uma maquiagem e tintura corporal.


Em entrevista ao site, o intérprete do Diabo disse que encarra a interpretação “de uma maneira superprofissional, um trabalho como qualquer outro. É claro que tem toda essa carga negativa, mas acho que ela vem mais da visão das pessoas”.

Chelucci, que é espírita, afirma que, antes de cada cena procura se concentrar e faz preces. “Creio em Deus e sigo a Doutrina Espírita. Sou totalmente o oposto ao Satanás. Sou da luz, paz e amor. Por isso eu rezo muito antes de gravar”.

Conta ainda que “é um trabalho que mexe muito com o lado espiritual”, por isso “sempre antes de começar a gravar eu peço proteção para o meu anjo da guarda”, enfatizou o ator.




1 comentários:

  1. Misericórdia, e muita ingenuidade e excesso de alto-confiança, achar que uma interpretação como essa é como um trabalho qualquer, proficionalmente e principalmente espiritualmente falando.
    Que Deus tenha misericórdia.

    ResponderExcluir