segunda-feira, 28 de maio de 2018


O polêmico pastor e deputado federal, Marco Feliciano, concedeu uma entrevista para o jornal 'O Estado de São Paulo', onde deu algumas declarações um tanto polêmicas sobre a mídia brasileira, mais especificamente a Rede Globo.

Marco Feliciano ao ser questionado sobre o atual momento do Brasil, respondeu de forma nada esperançosa para os brasileiros: "Está caótico e sem luz no fim do túnel", afirmou o parlamentar.


Feliciano acredita que a imprensa tem um papel fundamental no momento pelo qual o Brasil atravessa, não estando mais nas mãos de políticos, acreditando que é a imprensa que dita as regras do Brasil atualmente, pois tem a força do povo nas mãos. O pastor ainda afirma que a grande mudança passa pelo povo. "A grande mudança passa pelo povo. E o povo segue a imprensa. Só que a imprensa livre precisa ser imparcial, isenta. Não pode ser tendenciosa", afirmou Feliciano.

Ao falar sobre a Globo, a maior rede de comunicação do país, Feliciano é bastante enfático: “A Globo faz um mal sem tamanho para o Brasil, principalmente para a estrutura da família brasileira. Eles pegam muito pesado a respeito de família, a respeito de evangélicos. Toda vez que aparece um evangélico na novela ele é louco ou extremamente irracional. Eu entendo que a Globo tem a mim como inimigo".


O pastor afirmou na entrevista que é vítima do preconceito, simplesmente pelo fato de ser evangélico e se posicionar de uma forma conservadora.



0 comentários:

Postar um comentário