sexta-feira, 8 de junho de 2018


Ângela Bismarchi é casada há 14 anos com Wagner de Moraes. Agora, a ex-modelo e cantora revela os segredos do amor “abençoado”.

“A gente procura fazer amor nos preceitos da palavra, um respeitando a vontade do outro. Deixou de ser carnal e passou a se tornar mais espiritual”, contou ao Uol.

Depois de se tornar evangélica há dois anos, Angela Bismarchi se unirá ao time de famosos que se tornaram palestrantes. Ela levará seu testemunho de vida em igrejas pelo país e, ao lado do marido, Wagner Moraes, ela pretende da palestras em diversas igrejas do Brasil sobre um casamento feliz para casais cristão. A celebridade vai levar seu testemunho para “irmãos e irmãs”.

Em 2011, Angêla Bismarchi lançou o livro Os 10 mandamento do amor. Na obra, escrita pré-conversão, a atriz pregava que casais fizessem sexo diariamente.


“Isso de fazer sexo todo dia, eu já não penso assim. Quando se está jejuando, não é possível. Você vai fazer sexo quando tem um clima, uma vontade. Eu procuro fazer o que me agrada. E o meu marido respeita a minha vontade. Tem certas posições [sexuais] que não faço mais”, afirma.

Para Bismarchi, o importante é que a sintonia entre o casal seja levada, também, para a cama. Ela diz que não deixou de fazer sexo oral, mas hoje já NÃO aceita mais praticar a posição anal: "Não me agrada mais. Eu não quero e meu marido tem que respeitar a minha vontade. Não me atrai mais".

Já sobre fantasias sexuais, Bismarchi não vê problema: "Eu aceito. O homem é movido pelo olhar, precisa de estímulo. Ele olha para a mulher e o tesão vem. Se a mulher não tiver aquela sensualidade, não rola. Como o homem vai ter tesão?", relatou.


0 comentários:

Postar um comentário