quarta-feira, 11 de julho de 2018


Imagens divulgadas pelo governo local mostram os meninos com máscaras nas camas do hospital Chiang Rai, onde estão em recuperação.

Os 12 meninos e o seu técnico que foram resgatados da caverna Tham Luang, no norte da Tailândia, não têm problemas graves de saúde nem mostram sinais de estresse, mesmo ficando presos mais de duas semanas no local, informaram os médicos nesta quarta-feira (11). Eles perderam uma média de dois quilos e alguns, incluindo o treinador, têm quadros leves de infecção pulmonar.

Todos passarão de 7 a 10 dias no hospital e depois precisarão ficar mais 30 dias em casa, segundo anunciou o diretor do hospital.

"Por nossa avaliação, estão em bom estado e não exibem estresse. As crianças foram bem cuidadas na caverna. A maioria dos meninos perdeu em média dois quilos", disse o inspetor do departamento de saúde tailandês, Tongchai Lertvirairatanapong.

Lertvirairatanapong disse que os meninos estão em "boas condições" apesar de ter pedido peso durante o período que ficaram na cavidade subterrânea. Todos receberam vacinas contra raiva e tétano.

"Eles cuidaram bem de si mesmos na caverna", afirmou.

Resgate de meninos presos em caverna da Tailândia

Segundo ele, os quatro meninos que foram resgatados no domingo já comem normalmente e caminham pelos corredores do hospital. Eles têm recebido uma dieta leve, com arroz e frango, além de vários suplementos vitamínicos.

O time de futebol Javalis Selvagens, que entrou na caverna no dia 23 de junho, ficou nove dias sem comer antes de serem encontrados por dois mergulhadores britânicos no dia 2 de julho.

Lertvirairatanapong contou que eles conseguiram obter água que pingava dentro da caverna, que foi o que os salvou.


"Podemos sobreviver muitos meses sem receber comida, mas o que é necessário é a água, que a caverna tem. E nesse momento há muita na caverna, e eles escolheram água limpa para beber", disse.

A operação de resgate, que mobilizou mais de 1000 pessoas, durou três dias. Mergulhadores estrangeiros e oficiais tailandeses retiraram os meninos em três grupos. Os primeiros quatro meninos chegaram ao hospital domingo (8). O restante do time foi dividido em dois grupos: um de quatro - retirado na segunda (9), e um último na que só veio à superfície na terça (10). Informações "G1"

Garotos em recuperação no hospital 

0 comentários:

Postar um comentário