quinta-feira, 16 de agosto de 2018


A Rede Globo como já de costume com outros artistas da casa, disse não para dois dos principais apresentadores de sua grade que seriam homenageados pela Record em programas comemorativos dos 65 anos da emissora.

Márcio Garcia e Ana Maria Braga foram vetados pela Rede Globo de participar de um programa comemorativo dos 65 anos da Record no próximo dia 27 de setembro. A Record já vinha negociando com os artistas, que seriam homenageados em edições diferentes do Programa do Porchat, mas a concorrente não os liberou.

Ana Maria foi uma das principais apresentadoras da história da Record, estrela absoluta entre 1993 e 1999, e Márcio Garcia comandou um programa que incomodou a Globo nas tardes de sábado na década passada. O "não" deixou diretores da Record chateados, apesar de ser praxe da Globo negar a participação de seus contratados nas TVs rivais. Frustrados, eles ainda avaliam se irão pedir a liberação de Renato Aragão, que se lançou na casa, em 1966, antes de fazer sucesso como líder de Os Trapalhões a partir de 1977.


Canal pago pertencente ao Grupo Globo, o Multishow também disse não para a Record. Tom Cavalcante, contratado da emissora do bispo Edir Macedo entre 2004 e 2001, não poderá participar da homenagem. Diretores da Globo levaram 11 anos para perdoar o fato de Cavalcante ter migrado para a Record.

A Globo não deu nenhuma justificativa para sua decisão.






0 comentários:

Postar um comentário